Resultado de imagem para thomas mannDurante um passeio em Munique, Gustav von Aschenbach — um autor consagrado cuja obra é conhecida pela disciplina e perfeição formal — encontra um tipo estranho que o deixa meio abalado e decide romper com a rotina e partir em viagem.

Primeiro vai até Pula, na costa austro-húngara, mas depois decide prosseguir até Veneza. Em seu hotel veneziano no Lido, depara com um adolescente de extrema beleza, de uma família polonesa: o jovem Tadzio. O tempo quente e úmido afeta a saúde de Aschenbach, que decide partir, mas a caminho da estação começa a se arrepender, e quando descobre que sua bagagem foi encaminhada ao trem errado e que terá que aguardar seu retorno, no fundo fica satisfeito por poder continuar na proximidade de Tadzio. Embora observe Tadzio obsessivamente, jamais ousa falar com ele, no máximo trocam um ou outro olhar furtivo e fugaz.

Apesar dos sinais de uma epidemia de cólera, que está sendo ocultada pelas autoridades para não prejudicar o turismo, mas que lhe é revelada por um agente de viagens britânico, Aschenbach permanece em Veneza, sacrificando sua dignidade e bem-estar pela experiência imediata da beleza corporificada por Tadzio. Através da obra, existe uma ambiguidade/dualidade quanto à paixão de Aschenbach: se inicialmente não passa de uma contemplação platônica do ideal de beleza ("Pois a beleza, meu Fédon, é a única forma do espiritual que podemos receber sensualmente, suportar sensualmente"), com o tempo vai assumindo uma feição mais sensual, erótica, como fica claro na tentativa de Aschenbach de parecer mais jovem pelo tratamento cosmético e no seu sonho perturbador quase ao final do romance: "Com as batidas dos tímbales seu coração retumbava, seu cérebro girava, acometido de raiva, de desvario, de atordoante voluptuosidade, e sua alma desejou unir-se à dança de roda do deus. O enorme símbolo obsceno, de madeira, foi descoberto e elevado."

Poucos dias depois, Aschenbach descobre que a família polonesa planeja partir depois do almoço. Desce até a praia, onde está Tadzio com um menino mais velho, Jasiu. Os dois garotos lutam, e Tadzio é facilmente vencido. Com raiva, deixa seu companheiro e se dirige à parte do mar próxima de Aschenbach. Após quedar-se por um momento contemplando o mar, dá meia volta para olhar seu admirador. Para Aschenbach, é como se o menino estivesse acenando para ele. Tenta se levantar e retribuir, mas tomba em sua cadeira. Seu corpo é descoberto minutos depois. "E ainda no mesmo dia, um mundo respeitosamente comovido recebeu a notícia de sua morte."

Escute aqui ou faça o download: